Make your own free website on Tripod.com

Histórico Sangue

 

Home

Introdução

Doutrina

História

Sangue

Comentários

Curiosidades

Mensagens

Links

Autor

Histórico da doutrina das transfusões de sangue

Texto adaptado de AJWRB – todo o texto e citações de literaturas da Watchtower são referentes à edição em Inglês, podendo a matéria equivalente na edição em português estar em algumas edições posteriores, assim como são traduzidos a partir do texto original.

Todos os grifos, negritos e itálicos em citações de fontes que não sejam deste mesmo Site foram acrescentados pelo autor deste artigo.

 A seguir mostro o desenvolvimento da doutrina do sangue pela Torre de Vigia, desde seus primórdios. Analise tudo muito bem e considere todas as implicações envolvidas no desenvolvimento desta doutrina, as pessoas que perderam sua vida em nome de uma fé e outras tantas que forram desassociadas por aceitarem o sangue ou frações dele. Ao final, alguns comentários.

1.892 – A primeira menção da questão do sangue pela Watchtower. O ponto de vista de Russel o conselho mencionado em Atos 15 era uma medida temporária para promover a unidade cristã durante a transição da era judaica para a era cristã. (Watchtower 1/15, pp. 349-352)

1.909 – Os comentários de Russel sobre Atos 15 indicavam sua crença de que observar a proibição do sangue não fazia de ninguém um cristão, mas servia para preservar o corpo de cristãos e gentios. (Watchtower 15/04/1.909, p. 4374)

1.919 – Clayton J. Woodworth se torna editor de "The Golden Age". (Watchtower 15/02/1.952, p. 128)

1.923 – Um artigo intitulado "A fraude da vacinação" inicia a oposição da Watchtower contra as vacinas. (Golden Age, 01/03, p. 211 #35)

1.925 – O homem que freqüentemente doa sangue para transfusão é elogiado. (Golden Age, 29/7, p. 683, #52)

1.929 – Vacinação é novamente condenada: "Pessoas razoáveis iriam antes contrair varíola ao invés de [tomar] vacinas,... Conseqüentemente a prática da vacinação é crime, um ultraje e uma ilusão... isto nunca salvou uma vida sequer". (Golden Age, 01/05, p. 502, #40)

1.931 – Vacinações são uma violação do Pacto Eterno feito com Noé. (Golden Age 04/02/1.931, p. 293)

1.931 – A Sociedade reconhece que Gênesis 9 e o "Pacto Eterno" não trata de comer sangue. "Todas as mentes razoáveis têm que concluir que não era o comer sangue que Deus objetava, mas era o trazer sangue de um animal em contato com sangue humano." (Golden Age, 04/02, p. 294, # 42)

1.935 – Vacinação é injeção direta de matéria animal na corrente sangüínea e uma direta violação da lei de Jeová Deus (Golden Age 24/04/1.935, p. 465). Por dezessete anos as Testemunhas de Jeová recusaram a vacina contra varíola até que a Sociedade, após a morte de Woodworth, retirasse o banimento das vacinas. Durante este período, muitos desenhos apareceram em "The Golden Age", mostrando coisas como pilhas de bebês marcados por edemas (cataporas, furúnculos), causados por vacinas! Outras ilustrações representavam médicos dopados, segurando seringas com rótulos: "pus". Hoje podemos apenas levemente imaginar quão incrível foi a situação que se desenvolveu em volta desta questão. Crianças não estavam aptas a freqüentar a escola sem um certificado de vacinação, Testemunhas não podiam entrar ou sair de e para outros países, e Testemunhas na prisão eram colocadas em confinamento solitário, por precaução contra a disseminação da varíola e outros males.

É importante lembrar quão sério era o problema da varíola nesta época. Em 1.921 haviam 100.000 casos de varíola somente nos Estados Unidos, com mortalidade de até 40%. Alguém pode apenas desejar saber quantas Testemunhas sofreram real perigo físico ou mesmo morreram como resultado do conformismo aos ensinos da Sociedade, relativos as vacinas.

1.940 – Relatório de um médico que doou um quarto de seu próprio sangue durante uma emergência. Isto foi retratado como um ato heróico. (Consolation, 25/12, p. 19, # 53)

1.945 – Transfusões e produtos derivados do sangue são oficialmente banidos como "costume pagão e desonra a Deus". (Watchtower 07/01/1.945, p. 198-201)

1.949 – Transplantes de órgãos são vistos como irrepreensíveis (não objetáveis) e "milagres da cirurgia moderna". (22/12/1.949 – "Spare Parts for Your Body")

1.951 – Clayton J. Woodworth, editor de Golden Agen/Consolation até se tornar Awake (Despertai!) em 1.946, morre e é sepultado em 18 de dezembro de 1.951. (Watchtower 15/02/19.52, p. 128)

1.952 – Em um comunicado datado de 15 de abril de 1.952, as vacinações, como por exemplo contra a varíola, são oficialmente permitidas. Muitas Testemunhas haviam já tomado vacinas por muitos anos, e a Sociedade sabia que a vacina contra varíola não continha sangue, desde que avisada acerca disso por uma Testemunha chamada William Cetnar. É certamente razoável (e óbvio) especular que a proibição das vacinas não foi oficialmente abandonada até 1.952 em respeito a Clayton J. Woodworth, que era duramente opositor às vacinas. (Watchtower 15/12/1.952, p. 764)

1.953 – "Vacinações não são mais consideradas alimentação [nutrição] por [de] sangue e não mais consideradas relacionadas [em gravidade] com relações sexuais". (Make Sure, p. 48, #47)

1.958 – Uma resposta a "Perguntas dos Leitores" explica que uma irmã ungida deveria ser autorizada a participar nos emblemas do memorial, mesmo se ela tivesse recebido uma transfusão de sangue, argumentando que ela é simplesmente imatura. (Watchtower 01/08/1.958, p. 478)

Decisão acerca de derivados e frações do sanque, como antitoxina contra difteria e gamaglobulina seriam questões de decisão pessoal. (Watchtower 15/09/1.958, p. 575)

1.959 – O sangue tem que ser "deitado ao solo"; seria errado recolher o próprio sangue, guardar, e então mais tarde reinfundir. (Watchtower 15/10/1.959, p. 640)

1.961 – Aceitar sangue ou um produto derivado, ou fração do sangue, passa a ser passível de desassociação. (Watchtower 15/01/1.961, p. 63-64)

1.961 – Doação de órgãos é questão de consciência. (Watchtower 01/08/1.961, p. 480)

1.961 – Características de personalidade, impulsos de cometer homicídio e suicídios são transmissíveis por sangue [transfusões]. (Watchtower 15/09/1.961, p. 564)

1.963 – Nova regra acerca das frações do sangue. A regra de 1.958 é invertida. Qualquer fração do sangue passa a ser considerada "nutriente", e portanto, proibida. Regra não se aplica a vacinas. (Watchtower 15/02/1.963, p. 124)

1.964 – Médicos Testemunhas podem administrar transfusões a pacientes não-Testemunhas. (Watchtower 15/11/1.964, p. 6820)

1.966 – Transfusões de sangue são comparadas ao canibalismo. (Watchtower 07/01, p. 401, #57)

1.967 – Transplantes de órgãos são agora canibalismo. Isto é uma reversão total. Doação de órgãos são agora extremamente desaconselhadas. (Watchtower 15/11/1.967, p. 702)

1.971 – O coração não é somente uma bomba, mas é ligado ao cérebro através de nervos e é o órgão onde afeições, motivações, desejos e emoções são literalmente formadas. (Watchtower 01/03/1.971, p. 133-135)

1.974 – Outra completa mundança nas frações do sangue. É novamente uma questão que deve ser deixada a cargo de cada pessoa, uma questão de consciência individual, apesar de que o artigo parece sugerir de que o uso das frações não seria uma grande idéia. (Watchtower 01/06/1.974, p. 352)

1.975 – A respeito do tratamento da hemofilia com componentes do sangue, a Sociedade fala, obviamente, que os verdadeiros cristãos não utilizam tal tratamento, atendendo ao mandamento bíblico de abster-se do sangue. (Awake [Despertai] 22/02/1.975, p. 30, #74)

1.975 – Quatro meses depois nova mudança. O Corpo Governante decide que frações de sangue para hemofílicos são aceitáveis como questão de consciência. Começando no início da década de 70, os irmãos eram orientados a que poderiam receber o tratamento apenas uma vez. Aqueles que telefonaram para a Sociedade após 11 de junho eram aconselhados a que fizessem uma decisão pessoal sobre se utilizar ou não o Fator VII e IX. Esta política não se tornou oficial durante os próximos 3 anos, aparentemente porque o Corpo Governante não queria alterar o ensino num período de tempo tão curto em relação à "antiga luz". Aqueles que haviam escrito antes de 11 de junho perguntando sobre o Fator VII e IX, foram recontatados diretamente pela Sociedade. Aqueles que haviam chamado por por telefone antes desta data, não podiam ser localizados novamente e conseqüentemente morreram.

1.975 – Transfusões de sangue são agora consideradas transplantes de órgãos, e os pais são encorajados a rejeitar transfusões para seus filhos. (Jehovah’s Witnesses and the Question of Blood [As Testemunhas de Jeová e a Questão do Sangue], p. 41)

1.978 – Uma posiçâo mais flexível em relação as frações do sangue. Elas não são aparentemente um método de "sustentação da vida". Hemofílicos agora oficialmente aprendem que podem ser tratados com componentes do sangue ou frações. Aqueles que chamaram a Sociedade, souberam disso 3 anos antes; se não chamaram, provavelmente morreram até esta "nova luz". Testemunhas podem utilizar coração-pulmão artificial se preparada (a máquina) sem sangue ou componentes. (Watchtower 15/06/1.978, p. 30-31)

1.980 – Mais uma "nova luz" a respeito dos transplantes de órgãos. Numa completa mudança, não era mais considerado canibalismo, e os anciãos não deveriam tomar ações judicativas contra a Testemunha que aceitasse um transplante. (Watchtower 01/09/1.980, p. 31)

1.980 – A Sociedade está agora nomeando centenas de Comissões de Ligação com Hospitais. Listas de médicos simpatizantes à questão do sangue foram feitas, e as Comissões passam a se empenhar a evitar médicos do serviço social que tentam intervir no direito das minorias.

1.982 – A Sociedade introduz sua doutrina de "maiores" e "menores" componentes do sangue. Componentes "menores" são aceitos e os "maiores" são proibidos. Hemodiluição é alistada como objetável. (Awake 22/06/1.982, p. 25)

1.984 – O transplante de medula óssea é agora discutido como questão de consciência, mas parece ser desencorajado o seu uso. (Watchtower 15/05/19.84, p. 31)

1.984 – A Sociedade silenciosamente abandona a idéia de que literalmente o coração é responsável por afeições, motivações, desejos e emoções. (Watchtower 01/09/1.984, p. 6)

1.985 – A AIDS é utilizada para dar credibilidade à posição da Sociedade na questão do sangue. (Watchtower 15/06/1.985, p. 30)

1.988 – a AIDS se tornou um problema mundial, e a Sociedade freqüentemente a cita como prova da veracidade de seu ensino, e reivindica que sua política tem protegido as Testemunhas de Jeová da AIDS. Eles reconhecem que uns 10.000 americanos com severa hemofilia foram infectados. O que eles deixam de mencionar é que estes indivíduos foram infectados por causa do tratamento com o FATOR VII e IX, que estavam na lista dos componentes aprovados (pela WT) nos últimos 10 anos ou mais. A posição da Sociedade não serviu de proteção para todas estas pessoas. É estimado que muitas Testemunhas contraíram AIDS desta maneira. (Awake 08/10/1.988, p. 11)

1.989 – A Sociedade parece abrir as portas para algumas transfusões autólogas intraoperativas. Embora não mencionado por nome, está implícito que o uso de limpeza [purificação do sangue] e posterior reinfusão, são permitidas. (Watchtower 01/03/1.989, p. 30-31)

1.991 – Testemunhas são encorajadas a ensaiar que respostas darão se interrogadas por um juiz. (KM 03/91)

1.992 – A Sociedade ensina a não estar preocupados se a comida contém ou não sangue, a menos que tenhamos boas razões para suspeitar que seja assim. (Watchtower 15/10/1.992, p. 30)

1.994 – "Jovens que colocaram Deus em primeiro lugar" – artigo sobre jovens Testemunhas que morreram em resultado da proibição do sangue. (Awake 22/05/1.994, p. 3-15)

1.995 – Uma Testemunha pode ter seu próprio sangue reinfundido de volta sob certas circunstâncias especiais. (Watchtower 01/08/1.995, p. 30)

1.997 – Anciãos são encorajados a ajudar e prover auxílio àqueles que receberam transfusões de sangue. Em casos judicativos os anciãos devem se lembrar de que o amor é a base do cristianismo, e eles devem temperar firmeza com piedade. (Watchtower 15/02/1.997, p. 20)

2.000 - Em uma mudança quase que histórica, a Watchtower passa a considerar a aceitação de frações dos componentes por ela denominados como "maiores" (glóbulo vermelhos, brancos, plaquetas e plasma). Embora estes componentes maiores continuem a não serem aceitos, virtualmente uma Testemunha pode aceitar todos os subcomponentes do sangue, desde que estes estejam devidamente fracionados. Seria mais ou menos como proibir certo indivíduo de comer um habúrguer, mas permitir que ele coma  a carne frita, salada, catchup, pão e todos os outros ingredientes de forma separada. (Watchtower 15/06/2.000, p. 30-31)

2.000 - Em outra alteração considerável, A Sentinela passa a colocar como aceitável um número maior de procedimentos envolvendo a reinfusão do sangue do próprio paciente (transfusões autólogas), embora ainda condene o armazenamento do próprio sangue. (Watchtower 15/08/2.000, p. 30-31)

A luz dos fatos acima apresentados, ergunte-se o seguinte:

bulletQuem é responsável pelos mortos e prejudicados pelo ensina da Torre de Vigia de proibir as vacinas? Era esse um ensino divino que deixou de ser um ensino divino? Mudou Deus de opinião a respeito das vacinas? Se não, então de onde procedeu tal ensino sem base bíblica?
bulletQuem é responsável pela morte dos hemofílicos que deixaram de utilizar as frações de sangue proibidas pela Torre de Vigia? Uma vez que voltaram atrás na proibição, assumiram eles a culpa por estas mortes? Assumiram eles que na realidade eram responsáveis por homicídio culposo?
bulletA Sociedade caminha a passos largos para a liberação do uso do sangue. Você está preparado para conviver com esta mudança? Acha ela justa?