Make your own free website on Tripod.com

Resposta ao Sr. X1

 

Home

Introdução

Doutrina

História

Sangue

Comentários

Curiosidades

Mensagens

Links

Autor

Resposta a um e-mail

Todos os grifos, negritos e itálicos em citações de fontes que não sejam deste mesmo Site foram acrescentados pelo autor deste artigo. O autor da mensagem autorizou a publicação da mesma.

Ola Sr. X1,

Antes de mais nada, gostaria de agradecer a atenção e o e-mail que me enviou. Apesar de termos formas diferentes de encarar as coisas, estou certo de que o fez com a maior das boas intenções, talvez até mesmo querendo "abrir" meus olhos com sua dissertação. E aproveitando a oportunidade que me foi criada quando escreveu, gostaria de responder seu e-mail, assentando por escrito as respostas às questões e insinuações que levantou.

Gostaria de convidá-lo a pacientemente ler a resposta que estou enviando, visto que talvez possa me auxiliar no sentido de aclarar certos detalhes que talvez eu tenha deixado passar por alto. Antes de rejeitar este e-mail, gostaria que analisasse os seguintes textos bíblicos, segundo a TNM:

"Amados, não acrediteis em toda expressão inspirada, mas provai as expressões inspiradas para ver se se originam de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo afora" - 1 João 4:1

"Segundo o costume de Paulo, ele entrou, indo ter com eles e ...raciocinou com eles a base das Escrituras, explicando e provando com referências que era necessário que o Cristo sofresse e fosse levantado dentre os mortos" - Atos 17:2,3

"Os irmãos enviaram imediatamente tanto Paulo como Silas, de noite, para Beréia, e estes, ao chegarem, entraram na sinagoga dos judeus. Ora, estes últimos eram de mentalidade mais nobre do que os de Tessalônica, pois recebiam a palavra com o maior anelo mental, examinando cuidadosamente as Escrituras, cada dia, quanto a se estas coisas eram assim." – Atos 17:10-11

Portanto, a leitura da resposta que envio de forma alguma constitui violação de qualquer mandamento bíblico, até porque os textos mencionados mostram claramente que deveríamos comparar o que pessoas e organizações nos ensinam com a Palavra de Deus, antes de julgarmos tal coisa como benéfica ou maléfica.

X1wrote: Eu só quero saber porque que você ainda não formou uma religião para se ocupar, a fim de deixar as TJ em paz!!! É típico de apóstata passar o resto da vida falando mal do povo de Jeová.

Gostaria de deixar claro que não é minha intenção me juntar a qualquer grupo religioso. A Bíblia não vincula o agradar a Deus a uma religião, nem tampouco cita o nome de uma denominação qual sendo o canal de comunicação de Deus para com a humanidade. Quase todas as religiões que professam crer no Cristo afirmam ser "a verdade", mas os evangelhos não dão qualquer margem para esta arbitrariedade. Desafio qualquer pessoa a provar que estarmos vinculados a uma religião é um requisito bíblico. Ainda mais, quando me rotula de apóstata, tenho certeza absoluta de que o faz nos moldes da Torre de Vigia, sem sequer consultar a Bíblia para se certificar daquilo que está dizendo. Tendo em mente 1 João 4:1, gostaria de lhe convidar a ler os seguintes textos a respeito da apostasia:

bullethttp://members.tripod.com/elderspov/introducao_apostasia.htm
bullethttp://200.253.247.2/testemunha/cont_curiosidades4.html

X1wrote: É interessante notar que todos os apóstatas apresentam as mesmas características: resmungos, orgulho, obstinação, espancando seus anteriores amigos. E é tão comprovado que estes mesmos e seus resmungos não prosperam que ninguém sabe ao certo quem são e qual é na verdade, a esperança que move a sua vida. Porque apenas não dizem: "Achei algo mais significativo" e daí partem em busca disso?

Estas palavras transmitem a impressão que você está julgando o coração de uma pessoa, sem sequer ter conversado com ela ou escutado seus argumentos. Não sei se minha impressão está certa, mas lembre-se de que não cabe a nenhum ser humano ou religião afirmar que fulano ou cicrano é isto ou aquilo, pois não foi dado a ninguém o poder de examinar os corações:

“Parai de julgar, para que não sejais julgados; pois, com o julgamento com que julgais, vós sereis julgados; e com a medida com que medis, medirão a vós. - Mateus 7:1-2

Quanto a prosperar, não tenho esta idéia. Minha identidade é desconhecida do público, não tenho vínculo com qualquer religião, nem indico qualquer credo às pessoas. O trabalho que eu e outros vêm desenvolvendo visa somente esclarecer pessoas, mostrar que certos ensinos das Testemunhas de Jeová carecem de apoio bíblico ou lógico. E, tendo em vista que a vida de pessoas está em jogo, procuramos alertá-las quanto a temas tais quais os alistados abaixo:

bullethttp://www.geocities.com/osarsif/organiza.htm
bullethttp://200.253.247.2/testemunha/cont_questionamento9.html
bullethttp://200.253.247.2/testemunha/cont_questionamento4.html
bullethttp://200.253.247.2/testemunha/cont_curiosidades10.html
bullethttp://www.geocities.com/torredevigia/nome.htm
bullethttp://www.geocities.com/osentinela/noprof.htm
bullethttp://www.geocities.com/osentinela/historia.htm

Na realidade eu poderia postar uma grande quantidade de questionamentos doutrinais e históricos relativos as Testemunhas, mas provavelmente sua paciência se esgotaria e acabaria por não ler nem a metade. O mais importante é que ao passo que existem estes questionamentos e muitas Testemunhas nos escrevem e-mails recheados de agressões, nenhuma delas sequer tenta refutar estes argumentos. Saberia você me responder o porquê disto?

X1wrote: Mas não, vivem em função de criticar a organização de Jeová.

Na realidade criticamos uma religião, mas certamente não criticamos a "Organização de Jeová", por dois motivos básicos: (1) onde na Bíblia se encontra o termo "Organização de Jeová" ou qualquer argumento que apóie este conceito? (2) Jeová erra? Se não erra, então aqueles que presunçosamente dizem ser Seu porta-voz, mas vivem mudando suas doutrinas, não são guiados pelo Todo-Poderoso. Afinal, quando se fala de mudanças doutrinais profundas, as Testemunhas têm um longo e respeitoso histórico. O convido a ler o seguinte relato bíblico:

"Paulo, escravo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos escolhidos de Deus e o conhecimento exato da verdade, que concorda com a devoção piedosa, à base duma esperança de vida eterna que Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos de longa duração, ao passo que, nos seus próprios tempos devidos, tornou manifesta a sua palavra na pregação de que fui incumbido, sob o mandado de nosso Salvador, Deus" - Tito 1:1-3

O versículo acima deixa bem claro que o erro não pode provir de Deus. Poderia você negar isto? Agora, me diga se uma "Organização de Deus", guiada por Ele, poderia mudar e mudar novamente ensinos como os  alistados abaixo:

bulletSangue: uma hora pode, outra hora não pode, depois proíbe-se os componentes, depois libera-se. Qual das orientações proveio de Deus afinal? Sabe responder com certeza? Leitura complementar: http://members.tripod.com/elderspov/sangue_02.htm
bulletSodoma e Gomorra: os habitantes de Sodoma e Gomorra devem estar birutas com as novas luzes (baseadas em velhas luzes) da Sociedade. Primeiro, não seriam ressuscitados; depois, seriam; finalmente, dizem novamente que não serão. Deus errou, a ligação entre o céu e os ungidos estava ruim ou agiram eles presunçosamente neste pisca-pisca de luzes novas e antigas? Leitura complementar: http://www.geocities.com/osarsif/sodom.htm
bulletMentira: lembra-se de João 8:44? Portanto, quem mente não pode se originar de Deus, quanto menos ser guiado por ele. O que então dizer do caso Bulgária? Caso ainda não tenha lido, por favor o faça: http://members.tripod.com/elderspov/sangue_05.htm

Assim, como poderia uma organização mentirosa ser o "canal de Deus"? Por gentileza, me responda a esta pergunta. Na realidade poderia mostrar muito mais, mas novamente iria te cansar com tantas páginas para ler. Queira considerar a matéria acima e escrever seu argumento a respeito dos assuntos mencionados.

X1 wrote: Embora afirmem adorar a Jeová, não fazem nada que demonstre isso. Não edificam no amor, não divulgam as boas novas, não tem reuniões semanais significativas, não tem congressos, não tem um nome a zelar, enfim não tem nada e nem motivo para se orgulhar.

Em que as Testemunhas edificam no amor? Por acaso seguem de perto as admoestações contidas em Tiago 1:27? Ao passo que em inúmeras passagens a Bíblia afirma que ajudar ao pobres (mesmo aos não cristãos) é essencial para o servo de Deus, sabemos que as Testemunhas não o fazem sempre. Antes, isto ocorre ocasionalmente, ao passo que a Bíblia deixa claro que a principal ocupação do cristão deveria ser exatamente esta. E você sabe que a Torre de Vigia praticamente não mexe seus dedos, exceto quando ocorre uma catástrofe muito grande. Em contraste, a Bíblia mostra que nos deveríamos preocupar diariamente com os mais necessitados. Fazem assim as Testemunhas? Então que tipo de amor é este que pregam? Ensinos mutantes que hoje são assim e amanhã são assado? Compare estas afirmações com Tiago 1:27; Provérbios 14:21; Atos 6:1-6; Gálatas 2:10; Hebreus 13:15-16

Por outro lado, as Testemunhas afirmam que a pregação de casa em casa é a maior demonstração de amor de sua parte, e também um requisito bíblico. A respeito disto, queira ler http://geocities.com/observa3/busca07.htm e depois me dizer se ainda pensa assim.

X1 wrote: Com relação as verdades bíblicas é sabido por todos que existem coisas difíceis de se entender, mas que isso acaba fazendo parte do clareamento espiritual progressivo das TJ!!! As mudanças progressivas são como "luz que clareia mais e mais até o dia estar firmemente estabelecido".

Na realidade, existem assuntos na Bíblia que serão compreendidos somente no futuro. Mas, se alguém afirma que está sendo guiado por Deus, tem que obrigatoriamente dar a interpretação certa daquilo que explana. Outra coisa: esta história de luz que clareia mais e mais é uma distorção da Bíblia, visto que ali o assunto em questão são as pessoas individuais, e não ensinamentos ou uma religião. Ainda mais, quando a luz clareia, pode-se ver mais nitidamente certos detalhes, mas o contorno original não pode mudar de forma. Assim, por que os ensinos da Sociedade mudam completamente neste pisca-pisca de luzes, as vezes voltando as luzes antigas?

X1 wrote: é incoerente achar que Russel e seus colaboradores, por exemplo, apareceriam no cenário mundial já sabendo de tudo. As possíveis discrepâncias apontadas nesse site não me convenceram a deixar de acreditar na organização.

Incoerente é Russel afirmar que estava sendo guiado por Deus, mas ao mesmo tempo utilizar as pirâmides nas suas interpretações proféticas, utilizar a cruz e símbolos maçônicos, predizer o fim do mundo, sem contar inúmeros outros de seus delírios. Para agir desta maneira, ensinando mentiras e doutrinas enganosas, Russel certamente não era ajudado por Deus. Afinal, creio que pense que Deus não gosta de confusão, nem de mentiras.

Como já disse, meu objetivo não é o de criar cépticos ou coisa parecida, mas fazer com que as pessoas passem a agir segundo sua consciência treinada pela Bíblia; que as pessoas parem de seguir cegamente ensinos sem base concreta, ainda que continuem a ser membros desta ou daquela religião.

X1 wrote: Seus argumentos baseiam-se em meias-verdades, críticas, orgulho de não admitir o Escravo Fiel, interpretação particular, etc..

Gostaria que me indicasse quais são as meias-verdades que disponibilizo em meu site. Apesar de me acusar disto, não mostrou nenhuma evidência sequer. Gostaria também que me provasse que o "escravo fiel e discreto" não é somente uma ilustração de Jesus, assim como poderia mostrar que os dirigentes da Torre de Vigia são guiados por Deus.

X1 wrote: Mas, digamos que eu ache fundamento nessas afirmações, o que eu deveria fazer? Voltar a revolver-me no lamaçal? Acreditar na Trindade e no Inferno de Fogo? Que dizer da Predestinação? Será que o espiritismo conduz as pessoas à verdade? Deveria eu esperar Jesus como os Judeus? Que dizer da verdade sobre os mortos? Eu pregaria de casa em casa com quem? Será que minha vida teria sentido?

Apesar de o assunto ser complexo, gostaria de tecer um comentário. Como disse anteriormente, não procuro fazer com que as pessoas deixem de ser TJ, mas antes que parem de aceitar os ensinos sem base bíblica. Quanto ao resto, lembre-se das palavras de Jesus:

"Ora, um dos escribas, que se aproximara e os ouvira discutindo, sabendo que ele lhes tinha respondido de modo excelente, perguntou-lhe: “Que mandamento é o primeiro de todos?” Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová, nosso Deus, é um só Jeová, e tens de amar a Jeová, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de toda a tua mente, e de toda a tua força.’  O segundo é este: ‘Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.’ Não há outro mandamento maior do que estes." - Marcos 12:28-31

Caso consiga obedecer a estes mandamentos, complementados por Tiago 1:27; Provérbios 14:21; Atos 6:1-6; Gálatas 2:10; Hebreus 13:15-16, já estará sendo um verdadeiro cristão, independentemente da religião a que pertença. Afinal, pode mostrar na Bíblia o nome da religião certa? Eu posso!

"Aconteceu assim que por um ano inteiro se ajuntaram com eles na congregação e ensinaram uma considerável multidão, e foi primeiro em Antioquia que os discípulos, por providência divina, foram chamados cristãos" - Atos dos Apóstolos 11:26

Pode me dizer, segundo este versículo, qual o nome da religião verdadeira? Está escrito neste versículo "Testemunhas de Jeová"?

X1 wrote: A interpretação sem brechas da bíblia, eu não encontrei em lugar nenhum, somente na organização de Jeová.

A doutrina das Testemunhas de Jeová é tão furada quanto uma peneira, exceto em alguns poucos pontos básicos. Basta ler atentamente e raciocinando alguns sites como o meu, que ira perceber isto. Abaixo, alguns outros bons sites:

bullethttp://www.geocities.com/osarsif/
bullethttp://200.253.247.2/testemunha/
bullethttp://www.geocities.com/osentinela/index.htm
bullethttp://www.geocities.com/torredevigia/
bullethttp://www.geocities.com/Athens/Agora/4618/

 

X1 wrote: Eu não posso nem vou deixar a organização por questões pessoais, ou pelos outros, ou porque vi um texto que pode ter mais de uma interpretação, ou por um ancião não faz o que é correto aos olhos de Jeová na minha congregação, ou porque até mesmo um dos membros do corpo governante foi desassociado, por exemplo.

Você está certo, até porque deixar de ser TJ tem um preço muito alto – você passaria a ser marginalizado pelas outras TJ’s. Ademais, erros humanos não podem ser levados em conta; mas os líderes das TJ’s afirmam ser guiados por espírito santo, e isto é muito grave, levando-se em conta que erram muito no ensino de doutrinas e, por conseqüência, jogam a culpa no espírito santo.

X1 wrote: Eu e minha família não estamos servindo a homens, passíveis de erros, naturalmente. Jeová fará o julgamento e estes do Armagedon não passarão!!! Como é que poderia abandonar a organização de Jeová? Para onde eu iria? Me juntar a pessoas do seu tipo para falar mal da organização a que pertenci com tanto afinco? Me refugiaria no lamaçal da cristandade ou religiões orientais? Eu não ia conseguir orar a noite a Jeová! Também não dormiria tranqüilo!!! Longe dos irmão, será que eu conseguiria me fortalecer lendo a Bíblia em casa sozinho?

Ao que parece, você não procura servir a Deus segundo a simplicidade do cristianismo original; antes, precisa de homens para o guiar, e a possibilidade de estar sem eles o assusta.

X1 wrote: O que eu diria para alguém que me perguntasse qual a minha esperança? Responderia que eu e os que pensam como eu (apóstatas) viverão no paraíso aqui na terra e que as Testemunhas de Jeová não?

Simplesmente poderia argumentar conforme Jesus Cristo argumentou: que os que amarem a Deus sobre todas as coisas e ao próximo, teriam o favor de Deus. Por que complicar as coisas? Jesus ensinou o cristianismo de uma maneira tão simples! Por que inventam tantos pode-não-pode-tem-que-fazer? Não basta a simplicidade dos evangelhos?

X1 wrote: Se estes quiserem se reunir comigo, formaria eu uma congregação? Com que nome? Com que história? Se fôssemos pregar de casa em casa e encontrássemos as TJ no mesmo território quão engraçado seria, não é mesmo?

Se leu a matéria indicada mais acima, notará que a pregação sistemática de casa em casa não passa de uma invenção de Rutherford, sem base bíblica. Caso ainda não o tenha lido, faça-o antes de me responder sobre este assunto.

X1 wrote: Isso é extremamente ilógico e fora de propósito.

Ilógico é acusar sem provar sequer uma palavra da acusação. Eu provo o que escrevo no meu site com literaturas das próprias Testemunhas e com a Bíblia, ao passo que muitos que me escrevem simplesmente me ofendem sem provar de forma lógica uma letra do que falam.

X1 wrote: A verdade é que nosso desejo natural (imperfeito) é tentar fazer com que as coisas girem em torno dos nossos desejos e ambições, sem querer entender o real motivo por trás das leis de Jeová.

Parece que foi isto o que motivou Rutherford inventar a regra de pregar de casa em casa, a proibição das vacinas e outras sandices mais (pode confirmar as provas em meu site, entrada "Sangue" e "História").

X1 wrote: Existem pessoas que nunca deixaram a verdade penetrar no seu coração. Jeová até permite que elas progridam, na medida do possível. Mas como a manifestação de uma doença crônica em estágio terminal a verdade acaba vindo a tona.

Volto a lembrar sobre o perigo de julgar os outros, sendo que não tem o poder – nem autorização divina para fazê-lo.

X1 wrote: Finalmente, por tudo e por todos, abandonar a organização de Jeová não vai tornar nossa vida mais significativa. Devemos reconhecer que todas as leis de Jeová são para o nosso bem. Mas cedo ou mais tarde isso se torna evidente e acabamos reconhecendo que fizemos a coisa certa por acatarmos as orientações delineadas na bíblia. Quando estudamos a bíblia minuciosamente, ficamos cada vez mais convencidos de que a verdade nos libertou. Trocar esse paraíso espiritual pelas coisas vagas do mundo é voltar revolver-se no lamaçal, sem dúvida nenhuma.

Este é o discurso típico das publicações da Torre de Vigia. Agora espero o argumento bíblico para provar que as palavras acima não passam de delírios dos dirigentes da Torre de Vigia.

X1 wrote: Não critique o meu anonimato, a revelação de minha identidade não vai alterar minha forma de pensar, deixada clara nesse e-mail.

De forma alguma o criticaria por isto. Embora eu suponha que devido aos ensinos da Torre de Vigia você me odeie (como um abominável apóstata), pode ter certeza de que foi um imenso prazer receber e responder seu e-mail – sinceramente falando. Sei que deve manter sua identidade em segredo, pois de outra forma estaria sujeito a repreensão na congregação – e sabemos que a disciplina não levaria em conta quaisquer argumentos que você apresentasse em defesa própria. Antes de finalizar, gostaria de convidá-lo a refutar apenas as seguintes matérias:

bullethttp://members.tripod.com/elderspov/comentarios_03.htm
bullethttp://members.tripod.com/elderspov/historia_01.htm
bullethttp://members.tripod.com/elderspov/sangue_05.htm
bullethttp://members.tripod.com/elderspov/sangue_07.htm

Apesar de estas matérias estarem disponíveis há longo tempo, até hoje ninguém tentou me mostrar os erros ou meias-verdades contidas nela. Você poderia ter a gentileza de fazê-lo? Caso se disponha, seria um imenso prazer ler sua refutação, que considero ainda mais importante que a resposta aos argumentos apresentados nesta carta.

X1 wrote: Divulgue estas informações no seu site.

Muito obrigado pela autorização. Certamente o farei, preservando o seu nome do público.

X1 wrote: Atenciosamente, uma Testemunha de Jeová consciente da verdade e extremamente feliz por não ter traído a Jeová.

Grato pelo mail,