Make your own free website on Tripod.com

VOLTAR PARA PÁGINA INICIAL

The (ex)Elder's POV


Mural de Mensagens (direto para a última atualização, clique AQUI)

MENSAGEM 01:

Prezado Elder SPOV,

Li o capítulo: "Quem Sou". Vejo que afirma que ser ancião designado "pelo espírito", fazendo o que faz, significa para si que a organização em que está não é guiada pelo espirito. Também entendi que o amor á sua esposa e família é maior que o amor à organização.

Então pelo amor á sua esposa, porque não mantém lealdade á organização. No caso de Judas, ele vinha enganando os 12 por algum tempo. Mas só saiu da organização na noite da páscoa na hora certa haverá actuação. No caso de David (servo de Deus), ele fez sexo com a esposa de Urias e isso manteve-se até até descobrir-se que estava grávida (alguns meses). David não deixou de ser o Rei ungido de Jeová. Após censura de Natan, arrependeu-se.

Arrependa-se você também. Elder. Você está a tempo de dar meia volta. Apague esta página depressa e vá pescar/viajar com sua esposa e família. Os relatos recentes de milhares de aparições de Fátima e de Jesus são sinónimo que Satanás está cada vez mais activo. Diz-se que ele está planeamento uma falsa aparição de Jesus e fará muitos sinais (até simulará a ressureição).

Nota: Elder, eu trabalho numa das mais avançadas empresas de tecnologia do mundo. E sei como se investiga. Se a STVT no Brasil investigar, pode investigar qual o telefone de origem em que o site MEMBERS.TRIPOD.COM é actualizado com o FTP para o sub-alojamento /elderspov. Hoje nada é confidencial, muito menos para o Espírito Santo. Boa saúde para ti.

 

COMENTÁRIO:

É fácil tirar algumas conclusões a respeito do prezado internauta lusitano que nos escreveu esta ameaçadora mensagem. Vejamos algumas: provavelmente Testemunha de Jeová ativa, embora o seu conhecimento a respeito da religão e de suas doutrinas seja do tamanho de uma azeitona anã; pensa ter um grande poder de persuasão, provavelmente fruto de suas primeiras participações na Escola do Ministério Teocrático - mas fique sabendo que um pouco mais de tempo na Escola podem te tornar muito melhor nisso; não dá muito crédito às instruções da Sociedade Torre de Vigia, pois se o fizesse, não estaria visitando um site "apóstata".

Um motivo pelo qual fiquei surpreso é o fato de que, claramente, uma TJ ATIVA tenha visitado este site e deixado umas palavras ameaçadoras. Também trabalho com tecnologia de informática e sei como chegar à pessoa que me escreveu. Para falar a verdade, já tenho o IP, e no caso de qualquer ação ser tomada, sei muito bem que uso fazer deste dado! Portanto, sem ameaças.

Mais que isso, só existem duas maneiras de chegar até minha pessoa: primeiro, provar ao Tripod que eu estaria violando direitos autorais ou de alguma forma agindo contra a lei, e somente assim, eles forneceriam dados a respeito de minha conexão. Mas isto não é possível, uma vez que nada do que exponho aqui está encaixado na situação suposta. Segundo, uma ação hacker - que o ilustre visitante nos dá a impressão de ser sua especialidade. Neste caso, nem preciso dizer que qualquer atitude contra a minha pessoa se reverteria em danos materiais e morais seríssimos ao suposto hacker bem como a qualquer entidade ou pessoa que utilize informações desta maneira adquiridas! Durante este fim de semana (18-19.11.00) APARENTEMENTE houve alguma atividade suspeita envolvendo o formulário de envio de mensagens (tenho o LOG e IP). Torça para que nada errado aconteça, pois neste caso, sabe quem seria o primeiro suspeito?

Mais uma coisa: por saber MUITO BEM como funciona a rede, não atualizo meu site nem de casa nem de qualquer lugar onde possa ser localizado. O site é muito pequeno, de forma que um internet café (nunca duas vezes no mesmo...) resolve tudo!

Mais uma coisa para finalizar: se pensa que pode me ajudar, estude um pouco mais o Manual da Escola do Ministério Teocrático, sob o estudo "Argumento Convincente". Provavelmente sua próxima mensagem tenha um conteúdo mais aproveitável.

 

 

MENSAGEM 02:

Comentário à Testemunha de Jeová da Mensagem 01:

Os seus parágrafos 1 e 2 são uma falácia de falsa analogia. A comparação com o caso de Judas só seria válida se Judas tivesse sido designado apóstolo *DEPOIS* de já estar roubando por algum tempo. A comparação com o caso de Davi só seria válida se Davi tivesse sido ungido como rei *DEPOIS* de ter cometido adultério com a esposa de Urias. Não foi isso que aconteceu nem num caso nem no outro. Portanto a sua analogia não é válida.

Você diz que o autor desta página se deve arrepender. Se deseja isso, deve refutar as informações aqui apresentadas, em vez de estar fazendo analogias falaciosas com os casos de Judas e Davi. A sua frase:

"Os relatos recentes de milhares de aparições de Fátima e de Jesus são sinónimo que Satanás está cada vez mais activo"

é completamente patética e irrelevante para o assunto em discussão. Sabe o que mais? Os relatos recentes de milhares de aparições de Satanás são sinônimo de que Fátima e Jesus estão cada vez mais ativos! :-)

Como você não consegue refutar nada do que é dito neste site, tenta amedrontar o autor com histórias da carochinha, supostas aparições de Fátima e de Jesus, ressurreições e outras parvoíces que tais. A sua frase:

"Diz-se que ele está planeamento [sic] uma falsa aparição de Jesus e fará muitos sinais (até simulará a ressureição) [sic]"

É completamente patética e revela a pobreza da sua argumentação.

No parágrafo final, você diz:

"Hoje nada é confidencial, muito menos para o Espírito Santo"

Em primeiro lugar, acho curioso que você tenha capitalizado ""Espírito Santo"". Se reparar bem, nas publicações da Sociedade Torre de Vigia aparece sempre "espírito santo" (com minúsculas). Em segundo lugar, o que é questionado neste site é precisamente o fato de a Sociedade Torre de Vigia não ser dirigida por qualquer "espírito santo". E você não disse absolutamente nada que refute as informações aqui apresentadas. A sua argumentação é completamente infantil e patética.

João Rodrigues

http://www.geocities.com/osarsif/

http://www.geocities.com/osarsif/index2.htm

 

 

MENSAGEM 03: (nota: a mensagem foi aqui colocada sem NENHUMA ALTERAÇÃO em seu conteúdo; todo o texto foi criado e digitado pelo ilustre visitante de nosso Site)

Tentei lê alguma informação Sr. Dom Luca Nunca vi tanta besteira numa só tuia, pensei que vocês estavam preocupado em ensinar a verdade, mas, na verdade estão agindo iguais aos ipocritas nos dias de Jesus atacando o proprio, por que voces inimigos de Deus não procuram edificar e tentar ensinar a verdade. para mim foi um tempo predido entrar no seu saite dá para sentir o odio que você que deve ser um desassociado por um grave erro voltou ao lamaçal de onde veio deve estar fedendo com o seu odio igual a um Judas Isacariotes.

 

COMENTÁRIO:

Eu sinceramente gostaria de entender por que todas as Testemunhas de Jeová imaginam que aqueles que não se submetem aos mandados da Sociedade Torre de Vigia de forma servil, são, segundo sua criativa mente, uns degenerados, expulsos e infelizes. Não sou desassociado, não cometi um pecado grave contra DEUS e não voltei ao lamaçal, mesmo porque no sentido que o prezado leitor coloca o assunto, nunca estive nesta condição.

Deixem as Testemunhas de serem prepotentes e irracionalmente agressivas e ARGUMENTEM contra o conteúdo de meu Site. Ao invés de dizer que sou um porco, PROVE que todas as sentenças DOCUMENTADAS aqui expostas são FALSAS, que eu retiro do ar o referido conteúdo. Afinal, Jesus chamava os fariseus de serpentes e hipócritas e PROVAVA o porque de suas declarações. Se querem fazer o mesmo, sigam o modelo de Jesus. Quem acusava sem provas nem raciocínio lógico eram os FARISEUS e líderes INIMIGOS do Cristo. Conseguem entender o que quero dizer?

Ademais, estando eu em parte já livre das cargas da Sociedade, tenho certeza de que sou muito mais feliz agora do que antes, quando era um fiel adorador da Sociedade Torre de Vigia! E minhas atitudes ainda procuram refletir os mandados de CRISTO! Por que lhes parece tão impossível que alguém que não seja marionete da Sociedade Torre de Vigia seja feliz? Já pararam para analisar sua própria vida e ver o quanto vocês são infelizes carregando todo este jugo imposto por um time mal formado de alguns octagenários do primeiro mundo?

Mais um detalhe: o leitor citou Judas Iscariotes, que traiu a Jesus Cristo, o filho de Deus, comprovadamente ungido com espírito santo. Eu não me lembro de este filho haver feito falsas profecias, proferido mentiras, cobrir erros, inventar regrinhas que atrapalham a vida de pessoas sinceras, utilizar símbolos maçônicos e egípcios, condenar a real medicina e promover o charlatanismo médico. Mas as Testemunhas, como organização, fizeram e fazem exatamente tudo isto, além do fato de não serem comprovadamente aprovadas por Deus. Sou um dissidente, não um traidor. E mesmo que o fosse, não estaria traindo um representante de Deus ou Cristo na terra, com certeza!

 

 

MENSAGEM 04: (nota: a mensagem foi aqui colocada sem NENHUMA ALTERAÇÃO em seu conteúdo; todo o texto foi criado e digitado pelo ilustre visitante de nosso Site)

oh! anonimo isto prova que você não tem corage de enfretar a verdade, fica se escondendo por traz de um pseodonio, não acho nada de de tão importante pelo que você está fazendo, você parece mais Judas quando traiu a Jesus falta só você jogar as trintas moedas, porque você não passa de um farsante assim como o discipulos Judas escreveu em sua carta ""é um rochedo escondido sobre as aguas"" mas gostaria de saber uma coisa na sua opinião qual seria a rekigião que faz a vontade de Deus? os que ensinam a trindade, inferno de fogo ou são aquelas que estão envolvida até o pescoço na politicam ou onde os seus lideres estão envolvido na imoralidades sexuais alguns até assumindo uma posição homossexual, será que você não se sentiria bem está lá?

Bem! assim como você não tem compostura para se identificar comparo você a satanas tenta ser uma anjo de luz enganando muitas pessoas reservo o meu direito de não me identificar mas vou procura descobri a sua farsa, isto é se é verdade o que você conta pois se não for assim mesmo vou desmascarar você na internete me aguarde!

 

COMENTÁRIO:

Quase não tenho o que dizer a respeito do assunto. O que você, fiel seguidor do Corpo Governante, está fazendo num site "Apóstata"? E essa coisa de me comparar a Judas é mais que manjada. Se quiser ver minha resposta a este argumento, leia o comentário feito a mensagem anterior, que a julgar pelo argumento e forma de expressão, parecem ser da mesma pessoa. Além do mais, não promovo nenhuma religião ou denominação aqui, somente mostro os fatos que a Watchtower esconde. Se não lhe agrada, os conteste com argumentos válidos.

Mais que isso, estou ficando um pouquinho descontente com as sucessivas ameaças que venho recebendo de algumas TJ's enfurecidas. É costume das Testemunhas de Jeová tentar intimidar as pessoas? Parece que sim... E se eu realmente tivesse receio, imagina que haveria publicado esta página na Internet? Finalmente, fique sabendo que eu estou muito mais próximo de saber quem você é do que você está perto de descobrir minha identidade, senhor IP 166.72.25.57 - portanto, mais cuidado com suas palavras!

 

 

MENSAGEM 05:

Eu gostaria de agradecer às pessoas que escreveram as mensagens números 01, 03 e 04 por nos terem mostrado de forma tão realista a atitude da organização das Testemunhas de Jeová para com os ex-membros.

Se nós contássemos a alguém o modo como a organização das Testemunhas de Jeová trata ex-membros, as pessoas poderiam achar inacreditável. Mas graças à vossa participação neste guest book, agora o público em geral pode ver com os seus próprios olhos, sem precisar que alguém conte.

Com apologistas como vocês, a Sociedade Torre de Vigia não precisa de críticos e eu acho que vou tirar umas férias :-)

João Rodrigues
http://www.geocities.com/osarsif/

 

 

MENSAGEM 06:

Gostaria de tecer um comentário sobre a questão da imortalidade da alma. É inegável que em muitas passagens a palavra alma se refere ao ser vivente, à pessoa com vida. É assim quando se diz que Adão veio a ser (ou tornou-se) uma alma vivente, é assim quando se diz que sessenta e seis almas procederam da parte superior da coxa de Jacó (Gen 46:26), etc. Entretanto, relatos como 1Reis 17: 8-24 e Gênesis 35:18 sem dúvida usam a palavra alma com um significado diferente. As Testemunhas de Jeová dizem que aí alma significa vida. Isso é possível, pois é comum uma mesma palavra ter significados diferentes conforme o contexto. Nenhuma regra diz que a palavra hebraica néfesh deve significar sempre a mesma coisa.

O assunto, todavia, não se esgota aí. As Testemunhas de Jeová supõem que alma, nas passagens acima, significa vida, mas não se tem plena certeza disso. Ademais, passagens como o relato da transfiguração, em que Jesus de fato conversa com Moisés e Elias, e a parábola do rico e Lázaro levam a um entendimento diferente. Mesmo considerando-se que a história do rico e Lázaro seja só uma ilustração, algo que não ocorreu realmente, será que Jesus usaria uma doutrina falsa para fazer uma ilustração? Acho muito difícil. Não tenho ainda uma opinião definida sobre o assunto, mas creio que um exame sincero da Bíblia pode levar à verdade

 

COMENTÁRIO:

Gostaria de agradeçer o visitante pela sua mensagem. Tocou em um assunto que considero muito complicado, especialmente pelo fato de que tudo o que podemos fazer são especulações baseadas em interpretações bíblicas. Parabéns pela forma ponderada que fez suas colocações, e tenha a certeza de que isto me instigou a pesquisar muito mais sobre o assunto, e certamente irei disponibilizar o resultado desta procura neste Site dentro em breve. Assim como todas as outras, sua mensagem nos é de muita ajuda.

 

 

MENSAGEM 07:

Olá, Elder. Eu sou o 'ponderado visitante' que fez aquele comentário sobre a alma. Aliás, agradeço pelos elogios sinceros. Trago uma pergunta que a outros talvez pareça absurda, mas que sempre me intrigou. Se vamos viver para sempre confinados nesta terra como seres de carne e osso, o que acontecerá com a humanidade no paraíso quando o sol explodir e depois deixar de existir para sempre? Não há dúvidas de que daqui a alguns bilhões de anos isso vai ocorrer. Será que o Corpo Governante sabe a resposta? Será que daqui a alguns bilhões de anos, quando isso começar a ocorrer, virá uma 'nova luz' de Brooklyn, publicada em A Sentinela de 15/12/5000.000.000? Será que não devemos fazer especulações nem ser presunçosos, mas aguardar pacientemente até que Deus, no seu tempo devido, esclareça se vamos ser incinerados por uma gigante vermelha ou não? Será que, quando isso ocorrer, Jeová usará um método 'altamente científico que talvez inclua a antimatéria' (como se disse que ele vai fazer para limpar a terra dos bilhões de cadáveres após o armagedom), talvez nos transportando para outro sistema solar? Não encontrei resposta a essa pergunta nem nas publicações da sociedade, nem nos sites 'apóstatas' da internet. Socorro, não quero virar churrasquinho.

COMENTÁRIO:

Assim como não encontrou a resposta para sua pergunta até agora, imagino que não a possa encontrar tão facilmente. A Bíblia não especula sobre o assunto, nem o tal paraíso na terra é uma verdade inquestionavelmente estabelecida. Mas pode-se estudar a fundo o assunto e chegar-se a uma conclusão lógica, embora acredito não definitiva. De qualquer forma, você está me dando trabalho, tchê! Este é mais um projeto de estudo ao qual me sinto no dever de trabalhar a partir de agora, além da pesquisa mais profunda sobre a alma e minhas traduções. Obrigado pela valiosa contribuição de caráter indagador!

 

 

MENSAGEM 08:

Acho que as Testemunhas de Jeová têm 'direito' ou pssibilidade de errar porque escreveram grande quantidade de literatura. Há quem não errou, mas não escreveu nada. Lembro-me de quando eu era estudante. Uns erravam a lição de casa porque tentavam fazê-la. Outros não erravam porque não tentavam fazê-la. Qual tinha mais mérito?
... Geralmente na história os regulamentos militares também previam torturas aos desertores. Por que vocês não comentam isto? Vocês querem que o desertor das Testemunhas de Jeová continue tendo o mesmo conceito que uma TJ ativa? Parece-me injusto à TJ ativa? Se alguém pratica adultério e continua tendo o mesmo conceito que aquele que não praticou, é injustiça ao que não praticou. Não acham?

 

COMENTÁRIO:

Em primeiro lugar, gostaria de parabenizar nosso leitor, uma vez que este é o primeiro caso onde uma Testemunha de Jeová (ou simplesmente simpatizante) nos escreve uma mensagem provida de senso racional. O leitor procurou argumentar, ao invés de simplesmente atacar de maneira irracional. Isto é muito raro entre as Testemunhas de Jeová, quando o assunto se refere às suas próprias crenças. Congratulações pela sua forma realmente cristã de agir. Mas saiba que no caso deste Site, não é assim que as literaturas das Testemunhas ensinam a agir.

Gostaria de fazer duas colocações: primeiro, todos têm o direito de errar quando tentam fazer algo, segundo seus próprios méritos. No entanto, as Testemunhas alegam que são orientadas pelo espírito santo e por Jeová Deus; assim sendo, quando erram, estão jogando seu erro nas costas destas duas entidades celestiais. Mais que isto, se dissessem que suas doutrinas são suposição de homens, seus erros não poderiam ser cobrados, mas no entanto não teriam o mesmo poder de persuasão que têm atribuindo suas especulações a revelações divinas. Portanto, poderiam e seria justificável as Testemunhas errarem pelo método de tentativa, assim como o fazem, se não atribuíssem seus ensinos às revelações de Deus e do espírito santo.

Segundo, regulamentos militares punem de maneira cruel os dissidentes. Mas não é isto que o Cristo trouxe como ensino quando esteve na terra. Antes, o segundo mandamento é exatamente o amor ao próximo (como a si mesmo!!), e a punição extrema, injustificada ou biblicamente não baseada ferem a lei do amor. Acha que o comportamento militar (como citado pelo leitor) adotado pelas Testemunhas de Jeová cumpre a lei do amor? Veio o Cristo instituir uma disciplina marcial para seus seguidores? Não! Reduzir ou cortar o contato religioso seria razoável, e porque não dizer amoroso para com os de dentro. Mas a política de desassociação adotada pelas Testemunhas vai contra todos os princípios cristãos, até mesmo contra aquele famoso de "amar aos inimigos"!

 

 

MENSAGEM 09:

Estudei à algum tempo atrás com as testemunhas de Jeová. Quase me envolví a fundo, sou uma pessoa que tenhouma fé muito grande e pedia para Deus me mostrar o caminho certo e realmente na bíblia ele me mostrou,tudo o que eu gostaria de entender, parece que Deus realmente me mostrava, hoje eu aprendí, que as pessoas de qualquer religião fazem uma imagem totalmente errada de Deus, hoje estou mais aberta para amar à Deus de todo coração,alma,mente etc. Hoje eu tenho uma mente limpa para amar relmente à Deus, acho que se você quer realmente conhecer a Deus e ama-lo, você tem que se limpar das asneiras que certas religiões lhe ensinam, pocha onde será que essas religiões colocam o nosso livre arbítrio
Deus não manipula as pessoas.

 

COMENTÁRIO:

Você sintetizou e aprendeu aquilo que alguns passam décadas analisando para chegarem a lugar nenhum. Continuam escravos de ensinos religiosos pesantes e dogmáticos. Continue assim, não se deixe dominar pelos ensinos impositores das igrejas de hoje. Siga os ensinos de Cristo, não os de homens!

 

 

 

MENSAGEM 10:

"Não foi comentada a segunda parte da mensagem 08, aquela que se refere à questão de justiça em tratar alguém que menospreza as testemunhas com o o mesmo apreço do que alguém que se mantém do lado das TJ.
Eu tenho uma só esposa e, a Igreja Católica, por assim dizer, não me dá valor. Um conhecido meu é promíscuo e tem alto conceito naquela Igreja. Isto me deu raiva dos padres.
Se eu fosse TJ ativa e, algum ridicularizador fosse mais bem aceito do que eu, provavelmente eu não gostaria do fato.
Acho que esta lógica vale para outras facetas da vida. Eu ficaria agradecido se vocês dessem um pequeno comentário sobre isto."

"Não foi comentada a parte final da mensagem 08. Acho que quando alguém sorri para outra pessoa está sendo naquele instante cúmplice com ela naquele comportamento a que se referem. Se alguém pratica adultério e continua recebendo sorrisos, há um desestímulo àqueles que se contêm de praticar adultério. Foi o exemplo que me veio agora. Se alguém nos contar que praticou assassinato e nós o bajularmos neste momento, estaremos como que dando aval a isto e, indiretamente, chamando de bobo aqueles que não o fazem. O que acham? Agradeço se comentarem isto. Estou soltando este assunto para o debate."

 

COMENTÁRIO:

Caro visitante,

Gostaria de agradecer seu retorno à este Site, e desculpe minha demora em responder, mas eu estava de férias e longe do mundo digital. Afinal, até mesmo eu, sendo amante da tecnologia, preciso respirar ares de "normalidade" de vez em quando...

Na realidade sua questão havia sido já respondida "nas entrelinhas" no comentário que efetuei em resposta à questão 08, quando citei que "Reduzir ou cortar o contato religioso seria razoável, e porque não dizer amoroso para com os de dentro...". Mas você poderá encontrar matéria realmente esclarecedora CLICANDO AQUI, e entrando no TESTEMUNHA Web Site. Depois, se quiser, sinta-se a vontade para nos enviar novamente seus comentários. Posso garantir que o link te conduzirá à leitura de um artigo de altíssimo nível, relacionado com o assunto. Depois, se ainda não o fez, aproveite para conhecer o inteiro Site TESTEMUNHA - tenho certeza de que vai gostar.

 

 

 

MENSAGEM 11:

À medida que o tempo passa teoricamente vão, de forma gradual, se reduzindo os chamados ungidos. OK! E ... se quando os ungidos terminarem o Armagedom não vier? Façam uma análise sobre isto.

 

COMENTÁRIO:

E você acha que vão acabar os "ungidos" na terra? Mesmo daqui a 200 anos, haverá uns 2.000 ou 3.000 alegados ungidos espalhados por aí, "sempre em número decrescente"! E mesmo que decidam abolir novas "unções" e os "ungidos" desapareçam, viria uma "nova luz" que colocaria os comandantes do QG do Brooklyn, mesmo sendo da "grande multidão", como o novo "Escravo Fiel e Discreto". Assim tudo estaria resolvido. Fácil, não é?

 

 

 

MENSAGEM 12:

Caro Elder,

Dei uma rápida passada pelo site, ainda não tive tempo de examinar seu conteúdo. Mas temos muitas coisas em comum, como o fato de sermos anciãos (na realidade, não sou mais, pois à uma "denúncia", vieram buscar o meu KS, embora ainda seja TJ.) Ainda, como vc por força das circusntâncias, estou na "organização", embora por motivos diferentes. Estou apenas escrevendo para estabelecer um primeiro contato e dizer que apreciei a sua iniciativa. Se quiser, posso enviar um resumo da minha história, para vc comparar as semelhanças e as divergências...

Abraços, Lob@o

 

COMENTÁRIO:

Caro Lob@o - vc é aquele cantor??   ;-),

Gostei de receber sua mensagem. Como sabe, meu e-mail está disponível, bem como a caixa de mensagens que possibilita manter-se totalmente anônimo. Neste caso, terei que usar este quadro de mensagens para me expressar, uma vez que não possuo seu e-mail. Mas, OK - isto também funciona. Qualquer curiosidade, dúvida ou sugestão, sinta-se a vontade para me escrever que eu terei enorme prazer em responder. Também, gostaria sim de receber o resumo de sua história - certamente é mais que interessante. Se quiser pode enviar para elderspov@hotmail.com como arquivo atachado ou digitar o texto na caixa de mensagem, na página principal.

 

 

 

MENSAGEM 13:

Há pouco tempo enviei uma correspondência à sede da Sociedade Torre de Vigia, das Testemunhas de Jeová, em Tatuí, Estado de São Paulo, Brasil. Recebi a resposta da questão. A resposta vinha em papel timbrado com logotipo e a sigla ATCJ, de Associção das Testemunhas Cristãs de Jeová.

Esta Associação é outra pessoa jurídica paralela à Sociedade Torre de Vigia? Será que tem outro registro nos órgãos do Governo? Tem outro CNPJ? Tem algo a ver com impostos? Na contracapa dos livros e das revistas aparece a expressão Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados como entidade representativa das TJ.

Comentem isto. Eu agradeço antecipadamente.

 

COMENTÁRIO:

Caro visitante,

Infelizmente, no momento, não tenho como responder à sua pergunta. Estou pesquisando o assunto e assim que tiver uma resposta de todo precisa, a publicarei e anunciarei na página principal, de forma que você e outros possam estar atualizados em relação a estes assuntos.

 

 

 

MENSAGEM 14:

Uma correçãozinha gramatical! Na resposta à mensagem 11 aparece a frase "... haverão uns 2000 ou 3000...". O verbo haver no sentido de existir é impessoal e, por isto, sempre deve aparecer no singular, assim: "...haverá uns 2000 ou 3000...".

 

COMENTÁRIO:

Muito obrigado por sua ajuda. Com certeza existem muitos outros "gatos" neste site, por três razões: (1) português é e sempre foi a matéria que me trouxe os maiores dissabores na escola; (2) meu tempo é escasso, e quase não consigo corrigir aquilo que escrevo e (3) sou distraído ao máximo, vivo no mundo da lua. Assim, estou sinceramente agradecido por sua colaboração!

Gostaria de agradecer seu retorno à este Site, e desculpe minha demora em responder, mas eu estava de férias e longe do mundo

 

 

 

MENSAGEM 15:

Hoje, dia 02-02-2001, aqui em Porto Alegre, RS, ocorrem a festa e procissão em homenagem à santa denominada Iemanjá pelos umbandistas e Nossa Senhora dos Navegantes pelos católicos. Na televisão apareceu uma mulher dizendo que se tornou devota desta santa após dela ter recebido. Isto me deixou pensativo. Outra pessoa, amiga minha, tornou-se devota do aqui chamado Padre Reus (uma versão do nordestino Padre Cícero) após dele ter recebido uma cura e, posteriormente, começou a acender velas ao Padre. Uma outra pessoa tornou-se adepta da Igreja Universal do Reino de Deus através da bênção de cura de uma doença aparentemente incurável. Outro amigo meu aderiu à Igreja Assembléia de Deus em conseqüência de uma bênção de cura. Todos eles têm duas características: 1)Basta uma única cura para eles se converterem. Obterão eles mais curas indefinidamente? Não, pois ficariam imortais teoricamente. 2)Parece-me um comportamento mercenário: só vão até o Cristo para dele tirar benefício.

Aí, lembro-me das Testemunhas de Jeová. Obedecem à ordem de Cristo de "negar-se a si mesmo". Isto é abnegação, altruísmo. É um mérito. O que acham vocês?

 

COMENTÁRIO:

Sim, sem dúvida "negar-se a si mesmo" é um mérito. Especialmente no caso das Testemunhas de Jeová, quando a firmeza e lealdade à fé é mantida por uma esperança de recompensa, ainda que futura; é mérito "negar-se a si mesmo" em troca de uma ressurreição, sabendo-se que todos irão morrer; é mérito "negar-se a si mesmo" porque trocou o inferno pelo paraíso; porque se não o fizer, as aves irão comer seu cadáver, juntamente com os dos seus filhos; é mérito "negar-se a si mesmo" e ser leal à "Organização" por que se deixar de ser uma Testemunha de Jeová os anteriores "amigos" sequer poderão cumprimentá-lo.

Realmente as Testemunhas de Jeová têm um grande mérito, mas não como organização. Têm um grande mérito como pessoas, que trabalham arduamente em prol de um centro de comando que nem sempre conta os fatos em sua inteireza no que diz respeito a sua própria história.

E mais: corte a esperança do paraíso, da ressurreição, da vida eterna e veja quantos continuariam capazes de "negar-se a si mesmo". Haveriam alguns, assim como há em quase todas as religiões. Afinal, o que move pessoas a estarem na Igreja Batista, Metodista, Adventista, Budistas e outras religiões que não oferecem milagres ou vantagens? Estão todas elas na mesma classe das Testemunhas de Jeová, no sentido de não atraírem adeptos pela promessa de uma cura ou coisa parecida. Assim, todas elas têm seu mérito! E todas elas atraem adeptos com a promessa, não de curar o indivíduo de câncer, mas de dar vida eterna para ele. Quer negócio melhor que este, para quem está entrando em uma religião?

 

 

 

MENSAGEM 16:

Ultimamente muitas organizações e até pessoas começaram a utilizar um método muito eficiente de proselitismo: o "evangelho do enriquecimento". Veja a Igreja Universal do Reino de Deus, o antigo Válter Mercado, esotéricos, etc. Dizem: "Vem para cá e tu ficarás rico!". ou: "Ouve os testemunhos!". Então é elencada ostensivamente uma relação de bens adquiridos.

É o que Ari Pedro Oro, autor do livro "O Avanço Pentecostal e a Reação Católica", chama de "teologia da prosperidade" e de "efeito multiplicador". As pessoas no Brasil também procuram, no intuito de enriquecer, a Renovação Carismática e os babalorixás (sacerdotes da Umbanda), o que demonstra um pono comum: a ética materialista. A "teologia da prosperidade é uma tática de proselitismo extremamente eficiente e tentadora porque vai no ponto vulnerável: o consumismo, a vaidade. A indústria moderna põe no mercado bens que a população, de mentalidade consumista, geralmente não consegue adquirir. Esta demanda reprimida é que faz com que os pobres vislumbrem nesta versão do evangelho uma possibilidade de satisfação individual, até mesmo pela influência dos testemunhos televisionados. É-lhes apresentado um Deus mercador da felicidade, um Jesus na forma de gênio da lâmpada.

Por enquanto, é só isto. Em outro momento continuarei este assunto. Saudações

 

COMENTÁRIO:

Parabéns. Concordo em gênero, número e grau.

 

 

 

MENSAGEM 17:

Ainda em relação ao assunto anterior, acho que Igreja Universal, Carismática, etc, etc, defendem a idéia de que Satanás transporta até as pessoas todas as espécies de desventura nas campos medicinal, financeiro, amoroso, etc. Preconizam que ele provoca o desemprego, a miséria. Dizem que ele causa o insucesso nos negócios. Cria-se, então, a argumentação e o cenário adequados para que os pastores chamem as pessoas as eles próprios, num segundo momento, a fim de oferecer a elas a solução imediata.

Eu creio que os pastores agem de forma abnegada; sua atividade, porém, conduz-nos a concluir que aquelas desventuras e males sofridos, de uma forma indireta e óbvia, "empurram" as pessoas para as igrejas. Parece que se não existissem os males, não existiria a assistência aos cultos. Em decorrência deste fenômeno, a conversão ocorre devido a uma situação de sofrimento seguida de uma expectativa de alívio e não de uma análise aprofundada das doutrinas. Os pastores se autoproclamam representantes de Deus e reivindicam para suas Igrejas o título "Casa de Deus".

Portanto, somos forçados a suspeitar que Satanás é ignorante ou "amigo" das Igrejas, uma vez que sua atuação está, supostamente, por concidência, a cada dia provocando nas pessoas a tentação de procurar uma Igreja cristã. De momento, é apenas isto. Pretendo por mais coisas.

Saudações! OK!

 

COMENTÁRIO:

Mais uma vez, parabéns pelas palavras realistas. Quando terminar de colocar as mensagens sobre este assunto, eu poderia montar um artigo com elas?

 

 

 

MENSAGEM 18:

Retornando ao assunto, podes divulgar isto a quem quiseres. Aliás, é um assunto bom para dissertar.

A idéia de "efeito multiplicador", conforme chama Ari Pedro Oro, é um chamariz eficientíssimo. Lembra-nos a prática dos sacrifícios pagãos, que eram feitos em troca de alguma vantagem. Este "efeito" assemelha-se a uma hipotética aplicação financaeira mais rentável do que as concorrentes: as pessoas venderiam seus bens para ali aplicar. As igrejas stradicionais pediam dinheiro e estimulavam o dízimo, contudo não criavam nos contribuintes a expectativa de que suas contribauições os fariam ricos. As novas igrejas conseguiiram conciliar a ganância material dos crentes a seus anseios espirituais: o mesmo que faziam os adoradores do deus pagão Mamom. As suas orações e suas ofertas são quase uma transação comercial. Deram um respaldo espiritual ao materialismo; estimularam-no à semelhança de Satanás que ofereceu o Mundo a Jesus (Mateus 4:8-11). Os testemunhos "televisionados", por exemplo, pela TV Record, referentes ao enriquecimento para estimular a cobiça do crente e também a cobiça dos novos, serve também para "massagear-lhes o ego" (dizendo "você merece ficar rico"). Eu acho que o  deslumbramento pelo consumismo foi a razão que levou o povo russo a optar pelo Capitalismo. o que lhes trouxe a exclusão e a mendicância a alguns. Então, lá o cenário ficou propício à proliferação das Igrejas defensoras da "teologia da prosperidade". 

Podemos até desconfiar que, no íntimo da consciência, aqueles crentes não renunciaram a seu egoísmo, nem mesmo após sua conversão. Suas doações, dízimos e ofertas são, a meu ver, feitos mais no interesse individual do que para beneficiar a Igreja. É uma espécie de dízimo interesseiro e egocêntrico. Este desejo dos olhos é oposto à idéia de o cristão levar uma vida modesta (1ª Timóteo 6:7-8). Contraria o comportamento "negar-se a si próprio" (Lucas 9:23) e o altruísmo: é a idolatrização do dinheiro. Esta "dinheirolatria" faz-nos lembrar o deus Mamom e a profecia bíblica de que os homnes se tornariam "amantes do dinheiro" (2ª Timóteo 3:2). Deveria ser razoável presumir que o crente que não tem como ficar rico - os assalariados, po exemplo - não teriam que dar dízimo.

Em outro momento continuarei. Saudações! 

 

COMENTÁRIO:

Que posso eu acrescentar? ....  ;-)

 

 

MENSAGEM 19:

Olá

Elder, gostei do seu site, é bastante consolador saber que não sou a única perdida e cega deste mundo!

Não sou TJ,apesar das constantes "investidas" da família. Éramos todos cátólicos, não frequentadores, mas católicos. Um dia alguem começou a frequentar os TJs, e levou toda família, e agora sobramos,eu,marido e filhos, que não nos curvamos a "verdade"... A pergunta é: até quando eles tentarão nos convencer, e se existe a possibilidade de uma vida em comum (éramos muito unidos), onde haja respeito qto a nossa opção.

Nós os amamos muito,e ficamos profundamente sentidos de não podermos comemorar juntos as datas festivas, de sermos colocados em um plano inferior aos irmãos do salão, dos nossos filhos não poderem sair juntos,e tudo que vc já sabe... Como explicar a eles,que Deus é muito maior que essas normas absurdas que eles impõe? Como dizer que o nosso amor por eles é imensamente maior do que desses "irmãos"? Eu acho harmoniosa a forma deles conviverem, parecem tão felizes, tão arrumados e limpinhos! Mas minha inteligência não me permite acreditar no que eles pregam.

Houve algo de bom nisso tudo: com as perguntas feitas por eles a respeito de minha religião, pude dar início a um estudo profundo sobre várias religiões (Cristãs), e sobre a história da Igreja Católica em sí, além do que agora eu leio a Bíblia com muito mais amor e interesse. Hoje,eu penso em religião como um grupo de apoio, um lugar onde encontramos pessoas com o mesmo objetivo de amar e servir a Deus, com costumes e tradições diferentes, mas sempre buscando evoluir espiritualmente crescer no amor e na fé e dar de sí para agradar aquele que nos ama tanto... É isso,ajude-me a conquistar nossa família,nós precisamos deles,o que eu faço?????

um abraço, XXX

 

COMENTÁRIO:

Os termos "PERDIDO" e "CEGO" podem ser aplicados as pessoas que têm problemas existenciais sérios, mas de forma alguma se aplicam a pessoas como você e eu, que questionamos ensinos humanos tidos como sagrados intocáveis, perfeitos. Assim, definitivamente não te considero nem me considero perdido ou cego, assim como você mostrou em sua mensagem. Parabéns por sua atitude firme em rejeitar algo que não lhe agrada, apesar de supor que sofra bastante pressão no sentido de aceitar a doutrina opressiva da Sociedade Torre de Vigia.

Tentarei responder às suas perguntas, por sinal comuns a todos aqueles cujos parentes se tornam Testemunhas de Jeová:

  • Seus parentes convertidos as Testemunhas deJeová tentarão te conhecer por todo o tempo que eles pertencerem a esta religião. Nunca desistirão, a não ser que algo abale fortemente sua confiança no chamado "Escravo Fiel e Discreto";
  • Quanto a vida social comum, as Testemunhas são ensinadas a cortar contato íntimo e relacionamento com quaisquer pessoas que não pertençam a sua religião - incluindo parentes, por mais íntimo que seja. Portanto, a não ser que seus parentes tenham a mente extremamente aberta, provavelmente jamais as coisas voltem a ser como antes. Vale notar que as Testemunhas cortam o contato íntimo mas continuam a ser extremamente bem educadas, para mostrar que são possuidoras do genuíno "amor cristão";
  • Quanto a mostrar a eles a falta de lógica do afastamento causado pela religião, é uma tarefa dificílima. Jamais tente lhes mostrar explicitamente o que tem descoberto na Internet - aliás, nem mencione "Internet" para uma TJ, pois são "vacinados" contra isto. Se quiser colocar alguma dúvida na cabeça deles, estude bem algum ponto que você viu na Internet e lance perguntas capciosas sobre tal tema, como se estivesse interessada na religião. Talvez, na dificuldade de se responderem perguntas difíceis, a mente deles se abra. Clique aqui para ver uma lista interessante composta de 10 perguntas que fazem qualquer Testemunha de Jeová repensar sua posição.
  • Quanto a aparência de união entre as TJ's, isto é uma coisa relativa. Atualmente freqüento (raramente) reuniões numa congregação onde não podem estar mais que duas pessoas conversando, que sai faísca para todos os lados. Assim, existem congregações onde impera a tolerância, e em outras impera a fofoca e as discussões banais. A afirmação que as Testemunhas fazem de que existe entre elas o "verdadeiro" amor não é de todo verdadeira; antes, o comportamento que se vê entre as TJ's é o mesmo que se observa em qualquer outro grupo protestante.

Bem, espero ter fornecido alguma informação útil. Obrigado pela mensagem, e um abraço.

Don Lucca

 

 

MENSAGEM 20:

Continuação do assunto anterior!...OK!

Aquelas Igrejas usam de uma liturgia bastante barulhenta, cheia de momentos de êxtase e de relaxamento: é o emocionalismo. Há quem chame isto de histeria coletiva ou, na linguagem psiquiátrica, catarse. Taal comportamento se opôe ao pressuposto da oração comedida.(Mateus 6:6) Penso eu que isto serve para alterar (acelerar ou frear) as freqüências das ondas cerebrais dos fiéis a fim de fazê-los atingir um estado alterado de consciência, similar ao estado atingido através do ioga, transe, meditação transcendental, hipnose, regressão, etc. A meu ver, esta é a situação apropriada para incutir algo nas mentes.

Chegando ao clímax, surgem as possessões demoníacas. Estas, por sua vez, fornecem o pretexto para expulsar os demônios, o que, obviamente, reforça a autoridade dos pastores. Dá para desconfiar que os pastores  trazem propositadamente os demônios (ou espíritos) até os crentes por meio daquele estado alterado de consciência para, logo após, expulsá-los. Deve-se salientar que a expulsão de demônios não é credencial genuína de observância dos ensinos sde Jesus, segundo Mateus 7:22-23. Veja que as possessões demoníacas só ocorrem com indivíduos em estado alterado de consciêncai, ausência de lucidez. Tenho curiosidade de saber se foi, alguma vez, realizado um eletroencefalograma em alguém durante o estado alterado de consciência durante o momento da possessão demoníaca, chamada também de incorporação, manifestação, etc.

Acho que nos é permitido suspeitar que o poder miraculoso não tem necessariamente origem divina e, sim, satânica. Apóiam esta desconfiança textos bíblicos tais como 2ª Tessalonicesnses 2:9, Mateus 24:24, Apocalipse 16:4, Apocalipse 13:13-14 e 2ª Coríntios 11:14. Há adicionalmente um tex to quse fala da cessação dos "dons do espíritos": 1ª Coríntios 13:8-11.

Disseram-me que quando algum fiel não obtém a bênção solicitada (saúde, dinheiro, carro novo, etc.), mesmo após ter realizado ofertas e "sacrifícios", o pastor argumenta que o fiel teve fé insuficiente. Ora, esta explicação me parece evasiva e metafórica visto que "fé" é um substantivo abstrato; é algo subjetivo, imensurável, elástico.

Num próximo momento continuarei... Deixo-te à vontade para emitir teu comentário como também para fazer do meu texo o uso que quiseres: não reclamo direitos autorais.

Saudações!

 

 

COMENTÁRIO:

Como sempre tenho dito, concordo com os termos e idéias de suas dissertações, acerca dos métodos e técnicas utilizadas pelas religiões. No entanto, quando se fala de curas e dons especiais, considero este assunto quase que um campo minado, pelo fato de ser virtualmente impossível chegarmos a um veredicto conclusivo. A exemplo disto, você citou 1 Coríntios 13:8, onde Paulo menciona que tais dons especiais cessariam. Mas a questão é: QUANDO cessariam? Me parece que ele deu uma certa dica:

"O amor nunca falha. Mas, quer haja [dons de] profetizar, serão eliminados; quer haja línguas, cessarão; quer haja conhecimento, será eliminado." - 1 Coríntios 13:8

A pergunta é: quando os dons fossem  eliminados, o conhecimento [??] também seria. Quando poderia o conhecimento [espiritual??] cessar? Paulo não falava do conhecimento da Lei Mosaica, uma vez que a mesma já havia sido abolida. Por isto, por esta afirmação misteriosa de Paulo, considero o assunto difícil de ser analisado.

Que acha você?

 

 

MENSAGEM 21:

Continuo minhas especulações...

Há outro questionamento sobre o qual nunca li nem ouvi ninguém dar esclarecimentos. Jesus realizou inúmeros tipos de milagres: transformar água em vinho, multiplicar pães, cessar tempestades, andar sobre a superfície das águas e, mais importante, ressuscitar os mortos. Eu poderia até citar os textos bíblicos. Com poderes delegados por Jesus realizaram ressucitações os apóstolos Pedro (Atos 9:40-41) e Paulo (Atos 20:9-10). Os pastores atuais alegam que as curas e as expulsões de demônios por eles realizadas não se devem a méritos próprios deles e, sim, a um poder miraculoso que Jesus lhes concedeu. Aí, se observa um certo grau de humildade e abnegação. Aparecem, porém, duas dúvidas:

1)Por que, dentre tos os tipos de milagres operados por Jesus, os atuais pastores só conseguem efetuar curas e expulsões de demônios?

2)Jesus não concedeu aos atuais pastores (pretensamente na função dos antigos apóstolos) poder - ou espírito santo - suficiente para realizar ressucitações, transformações de matéria, etc? Talvez se Jesus tivesse concedido todos aqueles poderes aos pastores atuais não haveria a necessidade de Sua prometida vinda e da instalação de Seu Reino (2ª Pedro 3:13 e Apocalipse 21:4)

Isto é a Escatologia! De momento isto é tudo o que quero aqui lançar. Eu li a tua explicação sobre a cessação dos dons do espírito.

Saudações! OK!

 

VOLTAR PARA PÁGINA INICIAL