Make your own free website on Tripod.com

1.874 e a "honestidade"

 

Home

Introdução

Doutrina

História

Sangue

Comentários

Curiosidades

Mensagens

Links

Autor

1874 e a "honestidade" da Torre de Vigia

Por Uncle Union - tradução autorizada

Artigo original:

Todos os grifos, negritos e itálicos em citações de fontes que não sejam deste mesmo Site foram acrescentados pelo autor ou tradutor deste artigo.

Inserções entre colchetes [exemplo] refletem uma palavra, texto ou expressão que complementam o sentido da frase ou trazem a opinião do tradutor deste artigo

Watchtower Bible and Tract Society
The Ridgeway
London
NW7 1RN

Prezados irmãos,

Tenho lido bastante durante o último ano e isto fez com que surgisse em minha mente algumas questões que apenas vocês podem responder. Estas são questões sinceras. Tenho sido Testemunha de Jeová por 27 anos e pertenço à congregação XXXXX, em XXXX.

Li algumas de nossas literaturas a respeito dos primeiros Estudantes da Bíblia. Aqui estão  algumas citações que encontrei:

*** ka 209-10  11 "Aqui está o noivo!" ***
55 No ano de 1943 (em português em 1946), a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados publicou o livro “A Verdade Vos Tornará Livres”. No capítulo 11, intitulado “A Contagem do Tempo”, eliminou a inserção dos cem anos do período dos Juízes e seguiu o texto mais antigo e mais autêntico de Atos 13:20, aceitando os números soletrados das Escrituras Hebraicas. Isto avançou o fim dos seis mil anos da existência do homem para a década de 1970. Naturalmente, eliminou o ano 1874 E.C. como data da volta do Senhor Jesus Cristo e do começo de sua presença ou parusia invisível. O milênio, que havia de ser assinalado pelo acorrentamento de Satanás, o Diabo, no abismo e pelo reino dos 144.000 co-herdeiros de Cristo em glória celestial, portanto, ainda era futuro. Então, que dizer da parusia (presença) de Cristo? Na página 330, o livro mencionado diz positivamente: “A presença ou parousia do Rei começou em 1914.” Também, na Sentinela de janeiro de 1950 (página 7, parágrafo 22), faz-se a declaração: “. . . Messias, o Filho do homem, veio no poder do Reino em 1914 E.C., o que constitui a sua segunda vinda e o princípio da sua segunda parousia ou presença.”

Assim, podemos ver que inicialmente as Testemunhas de Jeová acreditavam que a presença (parousia) de Jesus iniciara em 1.874. O livro “Verdade” declara o acima, assim como todos os livros mais antigos.  Foi apenas em 1.925 que tal doutrina foi alterada. Antes de 1.925, nós como Testemunhas de Jeová acreditávamos que 1.914 era o FIM dos Tempos dos Gentios e da presença (parousia) de Cristo (que havia iniciado em 1.874), e o INÍCIO do Armagedom. Isto é o que Russel e Rutherford acreditavam. As Testemunhas de então não estavam batendo à porta das pessoas e anunciando que a presença de Cristo ESTARIA SE INICIANDO em 1.914, mas antes que havia iniciado em 1.874, que duraria 50 anos e culminaria no Armagedon. Então, em 1.925 nós mudamos tudo isto. Coloquei abaixo alguns excertos do livro “Proclamadores”, que cita o referido:

*** jv 138-9  10 Crescimento no conhecimento exato da verdade ***
Marcou época, portanto, em 1925, a publicação do artigo “Nascimento de Uma Nação” na Watch Tower de 1.° de março. O artigo fazia um estudo esclarecedor sobre Revelação (Apocalipse), capítulo 12. Apresentava evidências de que o Reino messiânico nascera — fora estabelecido — em 1914, que Cristo começara então a governar no seu trono celestial e que, depois disso, Satanás fora precipitado do céu para a vizinhança da Terra. Estas eram as boas novas que tinham de ser proclamadas, as novas de que o Reino de Deus já estava operando. Quanto este entendimento aclarado estimulou esses proclamadores do Reino a pregar até os confins da Terra!

Então, recentemente cheguei até esta "A Sentinela":

*** w87 1/3 15  "Sobre a Torre de Vigia estou de pé" ***
Cada artigo, tanto da Sentinela como de Despertai!, e cada página inclusive as gravuras, são esquadrinhados por membros escolhidos do Corpo Governante, antes de irem para a impressão. Além disso, os que ajudam a escrever artigos para A Sentinela são anciãos cristãos, que reconhecem a seriedade da sua designação. (Veja 2 Crônicas 19:7.) Gastam muitas horas em pesquisar a Bíblia e outra matéria de referência, para certificar-se de que o artigo escrito seja a verdade e que siga fielmente as Escrituras. (Eclesiastes 12:9, 10; 2 Timóteo 1:13) Não é incomum que um só artigo de revista — que você talvez leia em 15 minutos — leve de duas semanas a mais de um mês para preparar.

O artigo se explica sozinho. Portanto, por que publicamos coisas como as abaixo?

*** g73 22/7 8  Quem pode predizer com exatidão o futuro do homem? ***
Dentre todos os homens usados por Deus para profetizar, Jesus é o mais notável. Com base no que ele disse, junto com as palavras de Daniel e de João, as testemunhas de Jeová apontaram para o ano de 1914, com décadas de antecedência, como marcando o início da “terminação do sistema de coisas”.

*** w54 15/6 370  A Revelação de Jesus Cristo***
4 Por que, então, as nações não notam e aceitam a aproximação deste clímax de julgamento? É por não terem prestado atenção ao anúncio mundial do retorno de Cristo e de sua segunda presença. Muito antes da Primeira Guerra Mundial as Testemunhas de Jeová apontaram para 1.914 como o tempo para este grande evento ocorrer.

*** w65 15/7 428  A Organização de Jeová Avança ***
1
9 Ao olharmos para trás através dos anos, notamos claramente como a organização de Jeová nos tempos modernos progride em entendimento. Por exemplo, ela aprendeu que a segunda presença de Cristo haveria de ser em espírito, e não em carne, como muitos professos cristãos acreditam. Seu domínio seria desde os céus. Esta é uma nova revelação de grande importância para o povo de Deus, que esteve ansiosamente esperando sua segunda presença durante o fim do século 19.